Arquivo da tag: fernandomolica

Uma Selfie com Lenin

Padrão

lenin-1004909

Em seu novo livro, Uma Selfie com Lenin, Fernando Molica fala de amor e política. Afinal, seu personagem principal é um jornalista de meia idade que está fugindo do Rio de Janeiro após uma confusão na assessoria de políticos para qual trabalhava. Por isso a história se passa através de uma carta que ele está escrevendo para Eloísa, sua ex-namorada e ex-chefe.

Ao tentar relatar todo o mal entendido que o fez embarcar num avião para bem longe do Brasil, o personagem faz uma reflexão de toda sua trajetória de vida. Desde quando era um jornalista mal pago e cheio de ideologias até o momento da história, rico e completamente destruído.

“Foi graças a você quem vim parar aqui, que posso estar aqui. Se não fosse você, eu estaria aí, fazendo minhas matérias, enchendo seus clientes de porrada, ajudando você a manter o faturamento de sua empresa.”

Eu entendo que o livro é um romance, uma ficção, mas ao relatar as manifestações de 2013 e 2014 a história tange o real. Dessa forma, quando li a descrição do personagem sobre roubo de dinheiro em hospitais fiquei enjoada. É desumano e infelizmente não posso afirmar, nem para mim mesma, que é só um livro.

“Os prédios imensos, cheirando a clorofórmio e mijo, não passavam de grandes lavanderias, de centros de distribuição de verbas, deveriam ser administrados pelo banco central, não pela secretaria de saúde. Por lá, pouco se cura, muito se rouba, nada se perde. Perdem-se vidas, mas isso não contava na nossa matemática.”

Esse autor me deixou como um ressaca literária moral/filosófica horrível. Penso no egoísmo exacerbado da atualidade, no amor unilateral focado apenas no prazer, na política e no Brasil que vivo atualmente. Sei que muitos vão achar cansativo o assunto, mas creio que essa obra deveria entrar para o currículo escolar básico de literatura. Assim talvez meu filho no futuro consiga me explicar tudo o que está acontecendo hoje.

*post feito em parceria com o blog Literasutra