A Pequena Guerreira: o livro que te inspira

Padrão

IMG_3184

Enquanto eu fazia maratona de Gilmore Girls na minha adolescência, Samia corria…

Apesar da guerra, Samia corria.

Corria de burca, de hijab, descalça ou de estômago vazio. Ela fazia musculação com garrafas de refrigerante cheias de areia e tijolos largados no canto da obra, corria pelo seu pai, seu amigo, seus sonhos e por todas as mulheres da Somália. O objetivo dela era através do esporte liderar a libertação das mulheres somalis da escravidão e foi por isso que ganhou o apelido de pequena guerreira.

Sua história é impressionante. O romance baseado na vida da atleta é comovente e não fui capaz de me distanciar da história como muitos leitores profissionais fazem, chorei e tive até crise de ansiedade tentando imaginar o que eu faria se estivesse no lugar da menina.

“A garotinha de dezessete anos magra feito um prego que vem de um país em guerra, sem um campo e sem um treinador, que luta com todas as suas forças e chega por último. Uma história perfeita para os espíritos ocidentais, entendi naquele dia.”

O livro começa com ela ainda bem crinça, apenas 8 anos de idade, brincando de correr com seu melhor amigo, o Ali. À medida que ela vai crescendo o esporte vai ganhando cada vez mais importância para ela e Ali, que não ligava tanto assim para isso, passa a se auto-intitular treinador. Porém, o afastamento dos dois é inevitável, a Somalia vive uma guerra civil com a liderança de um grupo terrorista chamado Al-Shabab e os dois personagens pertenciam a grupos étnicos distintos.

Samia continuou a treinar sozinha e sem patrocínio, sem nenhuma ajuda, na verdade, e mesmo assim chegou nas Olimpíadas da China. Com isso ganhou alguma fama e a possibilidade de se mudar para um lugar melhor, mas nada a fazia ir embora da Somália, ela tinha o objetivo libertar seu povo e ir para longe não ajudaria em nada. Portanto ela continuou vivendo na miséria, até que as regras impostas pelo grupo extremista ficaram mais rigorosas e ela se viu dividida entre a família e o esporte.

“O cinema criava e alimentava sonhos, e por isso foi fechado.”

Então ela resolveu fazer A viagem, se colocando nas mãos de traficantes de pessoas que prometiam um futuro melhor. Futuro que muitos não chegaram a alcançar, inclusive a própria Samia — o que está escrito na orelha do livro, então não é nenhum segredo. O momento de fuga dela é o mais intenso da história, penso que eu teria sentado no chão e chorado até toda a água do meu corpo ser drenada. Mas, honestamente, posso imaginar o que for, nunca vou saber de fato o que fazer diante da possibilidade iminente da morte até estar nessa situação. Talvez eu seja mais forte do que imagino, ou talvez eu pense em Samia e consiga retirar forças de onde achava que não tinha mais.

“Um minuto parece pouco, mas naquelas condições se torna eterno. Dentro de um minuto você faz caber tudo de que precisa. Aprende que um minuto pode salvar sua vida. Não precisa de mais.”

Eu não sei o que dizer mais sobre A Pequena Guerreira, apenas sentir. Por mais clichê que isso pareça é pura verdade. Assim que li as últimas palavras fechei o livro no colo e encostei a cabeça no sofá, para deixar tudo aquilo que estava dentro de mim se acalmar enquanto lágrimas escorriam pelo meu rosto — bem, elas não escorriam muito, pois meu cachorro odeia me ver chorando e começa a me lamber incessantemente, mas deu para entender o que eu queria demonstrar.

 

Anúncios

»

  1. Olá
    deve ser uma leitura muito marcante e é possível compreender bem isso diante de suas palavras. A história dela deve ser incrível e eu realmente fiquei com muita vontade de ler também. Imagino que as mensagens reflexivas também se façam muito presentes nesse cenário.
    beijos, Fer
    http://www.segredosemlivros.com

    Curtir

  2. Nossa Mariana, só pelo início da resenha já deu para dar sentir a intensidade que o livro deve passar. Provavelmente ficarei como vc quando terminar a leitura, que após sua resenha é leitura certa. Espero que minha cachorra também me apóie.

    Curtir

  3. O inicio da sua resenha me emocionou muito e a forma como você descreveu o livro e esta história maravilhosa, me deixou mais que curiosa para ler a a obra e absorver tudo de bom que esta história tem para me dar.
    Obrigada pela indicação. Quero ler o mais rápido possível.
    Beijos

    Curtir

  4. Olá,

    Vi o lançamento desta obra e fiquei muito intrigada com a premissa. O esporte sem dúvidas liberta, aproxima pessoas, iguala a todos, sem incluir nenhuma diferença social e acredito que neste caso o esporte foi a salvação da Samia, que fez um impossível em um país de poucos recursos e assolado pelas complicações políticas. Essa é uma obra que eu temeria ler pela vastidão de sentimentos e emoções, eu sem dúvidas faria como você: sentar e chorar, pois histórias assim dificilmente consegue sair de nossos corações. Adorei saber mais sobre o livro e faço uma promessa a mim mesma de que vou iniciar essa obra futuramente.

    Grande Abraço
    Cá Entre Nós

    Curtir

  5. Olá!
    Esse livro parece ter te tocado mesmo, hein? Além disso, ele parece ter trazido ótimos ensinamentos. Fiquei bem interessada na leitura, pois acho que ele me dará uma motivação que preciso. Acredito que todos nós, de alguma forma, precisamos ser salvos.
    Anotei a dica da leitura e espero sentir o mesmo que você sentiu.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    Curtir

  6. Me explique como ler um livro com esse tema e não se emocionar? Eu tenho muita dificuldade em lidar com livros que tem esse temas fortes acabo levando dias para mim recuperar e consigo entender como vc ficou se sentindo.
    Amei sua resenha as emoções que você sentiu ficaram bem transmitidas na resenha.
    BJU
    Mary Reis.

    Curtir

  7. Hey!
    Essa é a segunda resenha que vejo desse livro, mas ainda assim tenho uma impressão de que ele não é tão popular. De qualquer maneira, só de ler os comentários eu posso sentir o quanto essa história é intensa, ainda mais pra mim que choro por qualquer coisinha. Acredito que além disso, traz grandes ensinamentos e reflexões, e acho isso super importante em uma obra literária. Gostei bastante da resenha.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    Curtir

  8. Olá,
    Gosto de livros que tragam a superação em seu enredo e esse me deixou muito cativada. Você viveu uma montanha russa de emoções e quero muito senti-las da mesma forma que você.
    Uma leitura muito intensa que nos envolve da cabeça aos pés é sempre muito bom. Senti as mesmas coisas quando li O caçador de pipas e enquanto lia sua resenha me lembrei bastante dele.
    Mal posso esperar para poder ler esse livro. Dica mais do que anotada.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    Curtir

  9. Oi!
    Morro de vontade de ler esse livro, mas fico com muito medo de me afogar nas emoções, pois da pra perceber que o livro é extremamente intenso, beirando a desesperador, por toda história da Samia, principalmente quando pensamos que enquanto ela tinha uma vida terrível e ainda estava lutando por algo maior que ela, nós estamos aqui ‘perdendo tempo’ e reclamando de coisas banais.
    Enfim, com certeza é um livro que meche muito com o emocional, principalmente por não ter um final feliz

    Curtir

  10. Olá
    Eu não conhecia esse livro, mas achei super legal a idéia do mesmo! Eu ti intendo sobre a questão de não saber o que falar, mas apenas sentir! Já aconteceu isso comigo. E muito bom. Gosto de livros que nos coloque para pensar e refletir sobre o que seja! Adorei a sua resenha e também o seu blog. Espero poder comprar a obra! Até mais vê
    Bjs

    Curtir

  11. Tenho muita vontade de ler esse livro, acho a premissa dele incrível. Sem dúvidas Samia foi uma garota forte com uma trajetória nada fácil. Também me desperta a curiosidade saber que essa é uma história que de fato foi vivida por alguém real e não é apenas fictícia. Imagino o quanto o livro deve mexer com quem lê-lo, adorei a resenha!
    http://www.virandoamor.com/

    Curtir

  12. Não gosto muito de romances baseados na vida de alguém que não conheço, então inicialmente não me interessei muito pela leitura. Mas saber que a leitura mexeu tanto com você, que te fez chorar tanto, acendeu uma pequena fagulha de curiosidade em mim, me parece uma história que tem muito a ensinar, então talvez eu mude de ideia e leia.

    Curtir

  13. Oi, tudo bem? Eu quero muito ler esse livro é tenho certeza que vou terminar ele como você com muitas lágrimas nos olhos e um aperto no peito pois só pelas resenhas eu me emociono com essa história imagina com a leitura do livro que é bem mais completa e toca fundo na alma.
    Bk

    Curtir

  14. Olá
    Já é a quarta resenha positiva que eu leio sobre esse livro.Estou louca para ler, a história parece ter uma carga emocional muito densa e eu amo livro assim.A personagem me cativou na maioria das resenhas que eu li e na sua não foi diferente, gosto de personagens determinados que correm atrás do que querem

    Curtir

  15. Oi, tudo bem?
    Esse livro me destruiu kkkkk Eu não costumo ler nada sobre um livro quando vou fazer a leitura, logo eu li esse sem saber nadinha e isso acabou me pegando mais de surpresa ainda é me emocionando mais ainda, já que não sabia o que esperar. Toda a história é triste, mas ao mesmo tempo inspiradora, pois Samia é uma personagem incrível, uma garota muito forte e determinada. Agora esse final é desesperador, eu sofri muito com ele, logo chorei horrores também kkkk Enfim, é um livro triste, doloroso, mas que vale muito a pena.

    Beijos :*

    Curtir

  16. O livro mexeu memo contigo! Adoro quando isso acontece. Tenho acompanhando as resenhas que tem saído deste livro é cada um tem me afirmado que preciso conhecer esta guerreira. A capa eu não gostei muito, mas de resto, acho que vou gostar e me emocionar também.
    Bjs

    Curtir

  17. Eu realmente gostaria de conseguir colocar mais livros do estilo em minha lista de leituras. Ao ler sua resenha, me pareceu que a atleta teve uma história cheia de superação – e histórias assim não tem como não emocionar.
    Fiquei com vontade de conhecer mais detalhes dos momentos que você conta, e espero que apareça a oportunidade de ler o livro em breve.
    E que fofo seu cachorro que não te deixa chorar…. 🙂
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    Curtir

  18. Oie…
    Ultimamente tenho lido algumas resenhas desse livro e simplesmente AMEI tudo que li!
    A premissa me atraiu muito e com certeza irei dar uma chance ao livro.
    Beijos

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s