Ligeiramente Casados – Mary Balogh

Padrão

IMG_0941

Eu gosto de ter uma leitura variada, então quando ganhei de natal um vale presente Saraiva comprei livros de diferentes gêneros. Esse em particular me lembrou Julia Quinn, como não li nada dela, mas ouço falar muito da autora resolvi experimentar o gênero. Não comprei um livro da série Os Bridgertons, pois queria trazer uma leitura diferente aqui pro blog.

O que me fez ler este livro foi justamente meu lado jornalista: “Quem?”, “O que?”, “Onde?”, “Quando?”, “Por quê?” e “Como?”.

— Como assim ligeiramente casados?
— Por que um coronel vai contra a família nobre dele por causa de uma promessa feita a um simples capitão?
— O que é um casamento de conveniência?
— Em que momento essa mulher linda, devota, caridosa, paciente, organizada e nem um pouco desastrada vai perder as estribeiras?

No livro a dama em apuros é salva pelo forte e impotente coronel, mas é tudo uma conveniência, um casamento de fachada para salvá-la dos infortúnios da vida. Ela rejeita a ajuda em um primeiro momento, é claro, porque se sente capaz de resolver tudo sozinha, só acaba cedendo depois.

O livro distrai, o tempo passou rápido enquanto minha leitura fluía por suas páginas. Mas me irritei com o texto às vezes óbvio demais, muita enrolação e sem nenhum conteúdo realmente histórico, a não ser a data do começo do livro que indica as roupas e o cenário que devemos imaginar.

 

Anúncios

»

  1. Eu sou louca por romances de época ou históricos. Eu também nunca li nada da Julia mas tenho muita vontade de ler. Ligeiramente Casados eu morro de curiosidade, pela série toda. Uma das coisas que eu mais gosto nesses romances é a descrição da época, sempre deixam a trama mais envolvente e graciosa, pelo que você falou no finalzinho do teu post, eu acho que sentiria muita falta desses detalhes.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Olá.
    Eu gosto de romances de época, mas com enredos que se desenvolvem sem enrolação. Eu sou fã da Julia, então ainda não arriquei conhecer outras obras do gênero, mas depois que terminar a série dos Bridgertons estou disposta a conhecer a narrativa de Mary Balogh.
    Não li o livro, mas pelas características citadas, acredito que ligeiramente casados seja um romance de época e não romance histórico, o que explica a ausência de aprofundamento da parte histórica.

    Beijos

    Curtido por 1 pessoa

  3. Oi, tudo bem? Nunca me interessei por romances de época até porque o meu medo era exatamente essa enrolação, mas tenho curiosidade em ler a Julia Quinn,então se você for ler me avisa 😉 Gostei da sua resenha e eu também ficaria curiosa com as mesmas coisas que você hsuausus.

    Curtido por 1 pessoa

  4. Você levantou um bom ponto, no CIP do livro não há essa distinção de catalogação época/histórico e por estar acostumada mais com livros históricos acabei não percebendo e nem sabendo dessa diferença. Obrigada, beijos.

    Curtir

  5. Olá Mariana, eu sou leitora de romances de época, eu gosto muito da Mary Balogh já li os três livros dessa série e curti a história, mas o foco dela não é romance histórico o que é bem diferente desse subgênero romance de época que são histórias de ficção. Vou dar uma dica de romance histórico leia Uma praça e, Antuérpia de Luize Valente Editora Record. Bjs

    Curtido por 1 pessoa

  6. Oi, Mariana
    Amoooo esse livro. Não foi o melhor da série até aqui, mesmo assim amei. É verdade que algumas partes são bem enroladas, mas eu já consegui identificar coisas da época, principalmente no comportamento e nos costumes da época em Londres.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    Curtido por 1 pessoa

  7. Oie.
    Eu nunca li nada da Julia e assim como vc esse livro da Mary me lembrou muito dos da Julia.
    Comecei a ler romances de época ano passado e me apaixonei.
    Acho que vou colocar esse na minha lista de desejados heim.

    Curtido por 1 pessoa

  8. Oii, tudo bem?
    Os livros desse gênero normalmente não funcionam comigo, são bem raras as exceções. Eu até gostei da premissa desse livro, mas pelo que vi da sua opinião, acredito que o livro não iria funcionar para mim.

    Curtido por 1 pessoa

  9. Acho que esta é a primeira resenha negativa que leio do livor. sempre li floreios e elogios para com este livro e para com a escrita da Mary, foi ótimo ler algo diferenciado. faz tempo que não leio romances de época, mas acho que não vou voltar a ler por este.
    beijos

    Curtido por 1 pessoa

  10. Oi!
    Eu to bem na vibe pra ler romances de época por causa da Julia Quinn. Mas um problema do gênero é justamente esse: a enrolação. É sempre assim, me irrita um pouco também. O livro é interessante e eu ainda quero ler, mas é aquela coisa, quando se trata de romance, eu sempre vou sem muitas expectativas.
    Beijo!

    Anelise Besson

    Curtido por 1 pessoa

  11. Oi eu tenho esse livro na estante já faz um tempo, mas mesmo gostando desse gênero ainda não tive vontade de fazer essa leitura. Mas acredito queca farei em breve.

    Curtido por 1 pessoa

  12. Olá!
    Que pena você ter se sentido assim com a leitura.
    O fato de o Coronel ter se casado com a mocinha é a prova de que ele é fiel aos seus ideias e promessas, muitos teriam ido embora e nem ligado, mas ele foi fiel. A maioria dos livros históricos são previsíveis e não possuem muitos fatos históricos, eles retratam a época em que ocorreram e os costumes.
    Eu gostei muito da leitura e fico chateada por você não ter gostado.
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    Curtido por 1 pessoa

  13. Começando aos pouco nos romances históricos. Possa até dar uma chance a esse livro, pelo fato de ter vindo gostando das narrativas. Mas pelo que você falou parece bem diferente das coisas que venho lendo, então não será uma prioridade essa leitura.

    Bjs,

    Curtido por 1 pessoa

  14. Não sou muito fã de romances de época, e realmente não sei se leria esse. Se tem algo que me irrita é enrolação, e acho que o mínimo que se espera de um livro do tipo é que tenha realmente algo histórico no enredo, coisas que nos permitam visualizar melhor a época, mais que uma simples menção da data.

    Beijo.

    Ju – Entre Palcos e Livros

    Curtido por 1 pessoa

  15. Estes romances de época eu adoro por questão da autora e achei que teve pouca questão de aprendizado histórico mesmo, mas é mais para ter romance e aquela coisa de brigas e entendimentos. Se você gosta de romances históricos é melhor pegar livros do Ken Follett por exemplo que tem estas coisas e que eu indico de todo o coração, ou da Kristin Hannah que também amo muito. Mas o terceiro livro desta saga ainda é o meu preferido.

    Curtido por 1 pessoa

  16. Olá!

    Já havia visto esse livro outras vezes em livrarias e fiquei com vontade de conpra-lo, mas ainda não tiver coragem. Acho que vou ler os da Julia Quinn primeiro, pois eles estão no topo da minha lista de romance histórico que desejo. Depois eu posso me arriscar em Ligeiramente Casados, pois achei o enredo bem interessante.

    Beijinhos!
    Cantinho Cult

    Curtido por 1 pessoa

  17. Olá, tudo bom?

    Parece que você não gostou muito do livro,né? Uma pena 😦 Ainda não tive oportunidade de ler algo dessa escritora, mas já sei que não vou iniciar com esse livro hahaha Sò ouço elogios quanto a sua escrita, e realmente gosto de romances históricos, então fiquei realmente intrigada com a sua opinião. Acho que terei que ler algo dela e tirar minhas próprias conclusões 😉

    Obrigada pela dica, mesmo assim!

    Beijos.

    http://instantesmemoraveis.blogspot.com.br/

    Curtido por 1 pessoa

  18. Olha romances de épocas realmente não fazem meu estilo , embora tenha me desafiado este ano a ler algum ,não sei se iniciaria por este , pelo que percebi a leitura não lhe agradou tanto , enfim deixarei a dica passar
    Beijos

    Curtido por 1 pessoa

  19. Olá! Os pouco romances de época que li me agradaram bastante. Te confesso que nunca li nada da Julia e nem da Mary…Mas, já li algumas resenhas que me interessaram bastante, mesmo você falando esses poréns, acho que dariam uma chance ainda, beijos!

    Curtido por 1 pessoa

  20. Olá!

    Por você ter confundido romance histórico com romance de época, acabou não gostando tanto da leitura.
    Estou adorando todas as séries do gênero romance de época, que a Arqueiro está lançando, essa é a única que ainda não li, mas já está na lista, esperando a verba entrar haha. Estou empolgada para essa série, os comentários são muito positivos.

    Beijos,
    http://entreoculoselivros.blogspot.com.br

    Curtido por 1 pessoa

  21. Eu gosto muito de romances de época, mas ainda não li este. Parece ser uma leitura interessante, apesar de um pouco clichê. Ao menos foi a impressão que tive. De qualquer forma, gostei da dica e já anotei para uma leitura posterior.

    Tatiana

    Curtido por 1 pessoa

  22. Olá. Adoro romances históricos, mas ainda não li Ligeiramente Casados, que ouço falar muito bem! Que pena que não gostou, mas romances desse tipo são realmente óbvios, a gente já imagina de cara o desfecho, mas o que o torna bom é a maneira como a autora desenvolvi a história e os personagens 😉
    Beijos!

    Curtido por 1 pessoa

  23. Olá Mariana!
    Ai esses lados jornalistas… tb me deixam maluca quando decidem aflorar em mim.
    Olha eu tenho certa queda por romances de época e já ouvi muitos comentários bons sobre a escrita de Mary Balogh, principalmente nesses “Ligeiramente um monte de coisas”. No entanto, em Ligeiramente escandalosos, eu senti uma pontada de futilidade na sinopse, o que me deixou com os dois pés atrás… eu não gosto de histórias fúteis, ainda mais quando elas ameaçam o meu amor por algum estilo literário..
    bjss

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s